15 de jun de 2011

MUDEI,

às junho 15, 2011
E A PARTIR DE HOJE EU DECIDI QUE NÃO IREI MAIS PENSAR NAS CONSEQUÊNCIAS; NO AMANHÃ. AFINAL, QUEM ME GARANTE QUE O AMANHÃ EXISTIRÁ? POIS É, TALVEZ EU DESPERDICE UMA CHANCE ÚNICA HOJE, POR MEDO, E NUNCA MAIS TENHA OPORTUNIDADE PARA TÊ-LA. VOU VIVER CADA MINUTO COMO SE FOSSE O ÚLTIMO DA MINHA VIDA. TALVEZ, FUTURAMENTE, EU ME ARREPENDA DE ALGO. MAS, ANTES ME ARREPENDER POR ALGO QUE DEU ERRADO, DO QUE ME ARREPENDER POR NÃO TER TENTADO. 

E a partir de hoje eu decidi que não irei mais pensar nas consequências; no  amanhã. Afinal, quem me garante que o amanhã existirá? Pois é, talvez  eu desperdice uma chance única hoje, por medo, e nunca mais tenha oportunidade  para tê-la. Vou viver cada minuto como se fosse o último da minha vida. Talvez,  futuramente, eu me arrependa de algo. Mas, antes me arrepender por algo que deu  errado, do que me arrepender por não ter tentado. 
( fotopoesiacm ) 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente. E Que Seja Doce. (:

 

Risos e Amoresㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos