10 de set de 2011

Então,
Usa-me, Senhor

Sonda-me, usa-me

Como um farol que brilha à noite
Como ponte sobre as águas
Como abrigo no deserto
Como flecha que acerta o alvo
Eu quero ser usado da maneira que te agrade
Qualquer hora e em qualquer lugar
Eis aqui a minha vida
Usa-me, Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente. E Que Seja Doce. (: