25 de jun de 2012


Eu já chorei no chão do banheiro por tua casa, já passei milhares de noites em claro lendo tuas mensagens. Eu já escrevi teu nome no meu caderno inteiro, e fiz desenhos de nós dois com corações em volta. Já tatuei teu nome de mentirinha na minha mão, e fiz milhões de cartas de amor; que a propósito nunca foram enviadas. Eu já me machuquei, já deixei de me importar com a dor que eu sinto, e o quanto meu coração sangra quando tá tudo dando errado. Já desejei a morte, já contemplei a vida. Mas ainda é tudo sobre você. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente. E Que Seja Doce. (: