27 de mar de 2017

Está bem na cara que ele não presta, mas...

às março 27, 2017
☑️Ele pode até ser mau carácter, talvez! Foi assim que o descreveram para mim, e eu não o vejo assim. Eu sinto apenas o coração bater, e como bate rápido. Ele não tem residência, não tem ocupação, e eu nem me preocupei em saber de onde veio. Também, os olhos pareciam faróis iluminando minha vida até então sem graça, sem sentido, e eu não vi alternativa. Ele não tem futuro, não tem presente, mas seu passado é bem promíscuo, eu pude perceber, e mesmo assim me encantei. Éh, e eu que sou tão racional, mas nessa hora não deu pra raciocinar direito, talvez seja exatamente nesse instante que fazemos "merda", por uma falta de percepção, de ver algo que na verdade não queremos enxergar. Ele não tem altura, mas tem braços, pernas e boca. Talvez seja os olhos de tão famintos, que me deixaram assim! Não é amor, também nem sei se devo saber o que é ou não. Às vezes, raramente me pus a pensar como está sendo essa paixão, e lembro de uma trecho de Clarice Lispector que diz assim: "Gosto de um modo carinhoso do inacabado, do malfeito, daquilo que desajeitadamente tenta um pequeno vôo e cai sem graça no chão" É, às vezes acredito que a gente gosta mesmo é do que ouve, é do poder da palavra que no fundo, bem lá no íntimo é o que queremos ouvir. Não, não, e não! Ele não tem padrões, e nem altura suficiente para se mostrar, e mesmo assim eu gosto, e gosto muito. A gente não tem nada em comum, e acredito que não vai dar certo porque tudo começou errado. Ele é cafajeste, e talvez seja tudo isso que já me falaram, e mesmo assim eu ainda penso, e sinto sua falta. Talvez seja essa fragilidade tamanha de se apaixonar por alguém sem altura, mas que tem braços, corpo e desejo pra se mostrar, e pra chegar aqui, nem que seja com intuito de bagunçar uma vida. Porque às vezes, até mesmo o que parece estar errado serve como um sinal, um sacode pra percebermos que a vida passa, e que viver, é acreditar que nem tudo que parece ser, é um tremendo engano, e que tudo, não foi mais do que o destino dizendo: — Arrisque meu filho, amanhã pode ser tarde demais!
 Texto Bruno Razzec 

0 comentários:

Postar um comentário

Comente. E Que Seja Doce. (:

 

Risos e Amoresㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤㅤㅤ Copyright © 2012 Design by Amanda Inácio Vinte e poucos